Thiago Camilo

Thiago Camilo

Nascimento:
20 de setembro de 1984 Paulista de São Paulo
Carro:
Chevrolet Sonic nº 21
Equipe:
Ipiranga RCM
Chefe da Equipe:
Andre Bragantini
Dono da Equipe:
Rosinei Campos

Histórico

Pole Positions -
12
Vitórias -
15
Corridas:
10 de novembro de 2013 – Brasília (DF)
11 de agosto de 2013 – Ribeirão Preto (SP)
09 de dezembro de 2012 – Interlagos (SP)
30 de setembro de 2012 - Tarumã (RS)
04 de setembro de 2011 – Salvador (BA)
07 de agosto de 2011 – Interlagos (SP)
20 de março de 2011 – Curitiba (PR)
06 de dezembro de 2009 – Interlagos (SP)
04 de outubro de 2009 – Campo Grande (MS)
07 de dezembro de 2008 – Interlagos (SP)
13 de setembro de 2008 – Londrina (PR)
29 de julho de 2007 – Londrina (PR)
13 de agosto de 2006 – Curitiba (PR)
19 de junho de 2005 – Rio de Janeiro (RJ)
28 de novembro de 2004 – Interlagos (SP)

Thiago Camilo começou a freqüentar os autódromos na barriga da mãe, Mari. Seu pai, José ‘Bel’ Camilo, foi piloto de várias categorias de turismo e encerrou a carreira na Stock V8, no ano em que o filho estava estreando (2003).

A partir de 1994, Thiago começou a colecionar bons resultados nas disputas pela categoria Junior do paulista de kart. Conquistou vários títulos regionais e em 2000 passou a disputar o Campeonato Brasileiro de Stock Car Light.

Thiago pertence a um pequeno grupo de pilotos brasileiros que nunca se interessaram pelo automobilismo de fórmula, e projetou a carreira para o turismo.

Em novembro de 2004, ao ganhar a última corrida da temporada (dia 28 de novembro, em Interlagos), tornou-se o piloto mais jovem a vencer na Stock Car, com 20 anos, dois meses e 8 dias. Naquela temporada, antes de completar 20 anos, tornara-se o piloto mais jovem a obter uma pole position (dia 1º de maio, em Tarumã).
Depois de sete temporadas na equipe Vogel, onde conquistou oito vitórias e dez pole positions, chegou quatro vezes seguidas à Super Final (de 2006 e 2009) e foi vice-campeão (2009), Thiago Camilo inaugurou em 2011 uma nova parceria, correndo sob a batuta de Rosinei Campos, o Meinha, dono da equipe RCM e campeão de quatro temporadas da Stock Car entre 2004 e 2010.

Camilo venceu três corridas – entre elas a Corrida do Milhão, o evento mais importante do automobilismo nacional - e foi o piloto que marcou mais pontos na temporada 2011. Mas devido ao sistema de pontuação que contemplava um alinhamento dos dez primeiros colocados ao fim das oito primeiras etapas para a disputa de uma Super Final, acabou em 8º lugar.

Em 2012, Thiago Camilo subiu no lugar mais alto do pódio duas vezes, a última delas no encerramento da temporada, tornando-se o único piloto a ter duas vitórias na Corrida do Milhão. O piloto da Ipiranga RCM encerrou a temporada em 5º lugar.

Cronologia

  • 1996 – 3º colocado no Paulista de Kart
  • 1997 – Vice-campeão Paulista de Kart
  • 1999 – 3º colocado na Copa Brasil de Kart
  • 1999 – Vice-campeão do Primeiro turno Parilla
  • 2001 – 3º colocado na Stock Car Light
  • 2002 – 3º colocado na Stock Car Light
  • 2003 – estréia na Stock V8; 17º lugar no campeonato.
  • 2004 – estréia na Vogel; 1ª pole position (Tarumã-RS) e primeira vitória (Interlagos-SP); 4º colocado no campeonato.
  • 2005 – 7º colocado no campeonato; 1 vitória (Rio de Janeiro-RJ).
  • 2006 – 6º colocado no campeonato; 1 vitória (Curitiba-PR).
  • 2007 – 3º colocado no campeonato; 1 vitória (Londrina-PR)
  • 2008 – 3º colocado no campeonato; 2 vitórias (Londrina-PR e Interlagos-SP)
  • 2009 – vice-campeão – 2 vitórias (Campo Grande-MS e Interlagos-SP)
  • 2010 – 12º colocado – 1 pole position
  • 2011 – 7º colocado – três vitórias (Curitiba, Interlagos e Salvador)

Raio X do Carro

  • Ficha Técnica do JL G-09

  • Motor
  • Oito cilindros em V com cabeçote de alumínio e injeção eletrônica de combustível. Potência de 520 HPa 6000 RPM.

  • Pneus
  • Goodyear radial 25,5 x 10,5 x 18 polegadas, importados dos EUA.

  • Rodas
  • Italianas, de cubo rápido, da OZ Racing.

  • Banco
  • Os mesmos usados na Nascar, são importados dos EUA

  • Diferencial
  • Da marca XTrac, importado da Inglaterra

  • Freios
  • A disco, da Fremax, com sistema independente para cada uma das quatro rodas, fabricados no Brasil, assim como as pastilhas da Ecopads. As pinças são inglesas, da AP Racing.

  • Câmbio
  • Sequencial de seis marchas, inglês, da XTrac

  • Chassi
  • Tubular, feito de tubos de molibdênio sem costura, pela brasileira JL

  • Carroceria (Bolha)
  • De fibra de vidro, com acabamento interno em fibra de carbono, fabricada pela JL

  • Peso Mínimo
  • 1320 kg, incluindo piloto com macacão, luvas, sapatilhas, capacete, e todos os fluidos do carro.

  • Tanque de combustível
  • Caixa de alumínio revestida de uma camada de borracha, com capacidade de 100 litros. O combustível utilizado é o etanol.

Galid Osman

Galid Osman

Nascimento:
18 de fevereiro de 1986 (Paulista de São Paulo)
Carro:
Chevorlet Sonic nº 28
Equipe:
Rosinei Campos (Meinha)
Chefe da Equipe:
André Bragantini
Dono da Equipe:
Rosinei Campos

Galid Osman ingressou no mundo do automobilismo ainda criança,influenciado pelo pai e pelo ex-piloto da Stock Car Nilton Grilo. Aos seisanos, começou a andar de kart em Poá, no interior de São Paulo, onderesidia com a família. Depois, passou a correr também em outras cidadesdo interior paulista, como Mogi das Cruzes e Itu, até começar a disputarcampeonatos na capital. Em 2005, conquistou seu melhor resultado nokart ao ser vice-campeão da Fórmula São Paulo.

No ano seguinte disputou a última temporada da Fórmula Renault.Mesmo novato, acabou o campeonato como quarto colocado, vencendo ahistórica última corrida da categoria no Brasil, em Interlagos (SP).

Com o fim da Fórmula Renault, Galid passou um ano realizando apenascorridas esporádicas, e em 2008 fez sua primeira temporada completa naCopa Vicar, categoria de acesso à Stock Car. Logo na terceira largada,Galid conquistou a pole position. Em 2010, com a categoria de acesso àStock Car batizada Copa Montana, Galid Osman venceu em Brasília (DF)e foi sétimo colocado na temporada. Em 2011, Galid  fez quatro polepositions nas nove corridas da Copa Montana, venceu em Interlagos (SP)e foi quarto colocado no campeonato.

Em 2012 Galid Osman subiu para a categoria principal, a Copa Caixa,e foi o Estreante do Ano. Ficou em 16º lugar no campeonato, com 72pontos, e seu melhor resultado foi o sétimo lugar obtido em Cascavel(PR). Foi o piloto que mais pontuou na equipe Full Time, que teve quatrocarros no grid.

Fora das pistas, Galid Osman se formou em Engenharia Civil pela Unipe trabalhou na área por três anos. Hoje, se dedica integralmente à carreirade piloto.