15/09/2014

Diário

Galid Osman conquista primeira vitória na Stock Car

Galid Osman conquistou no último domingo (14) sua primeira vitória na principal categoria do automobilismo brasileiro, na primeira corrida da rodada dupla realizada no Velopark, em Nova Santa Rita (RS).
“Nesse segundo ano na Ipiranga RCM a equipe vem me dando um carro rápido. Eu já tinha subido no pódio três vezes, a primeira vitória vinha amadurecendo, e ela foi conquistada com muito suor, um ótimo carro, uma estratégia pensada ontem, de fazer uma parada mais rápida, e executada com perfeição hoje. A equipe Ipiranga foi perfeita. Agora é comemorar nos próximos dias e depois botar os dois pés no chão e partir para mais uma batalha em Santa Cruz do Sul, onde consegui meu primeiro pódio na categoria”.
Os diversos acidentes nas edições anteriores levaram a direção de prova a optar por uma largada em fila indiana, atrás do safety car. Galid, que largou em quinto, se manteve na posição. O piloto da Ipiranga travou uma batalha espetacular com o pentacampeão Cacá Bueno durante toda a prova. A batalha, aliás, começou no sábado, já que os dois marcaram os mesmos 53s865 na classificação, mas Galid ficou com a quinta posição por ter feito o tempo uma volta antes.
No domingo, Galid e Cacá se alternaram em quinto – trocando de posições com o uso do botão de ultrapassagem – até a 20ª volta, quando o pole position Julio Campos, que se mantinha na ponta, teve um pneu furado e abandonou. Quando a janela de pit stops foi aberta, Galid estava atrás de Cacá. O Chevrolet número 28 foi um dos últimos a entrar para reabastecimento e troca de pneus e fez uma parada muito rápida, optando por botar menos combustível e substituir apenas um pneu.
Galid Osman voltou do pit stop em primeiro lugar, faltando oito minutos mais uma volta para o fim. Na 31ª volta, Valdeno Brito, que estava em segundo, ficou lento na reta. Thiago Camilo conseguiu escapar de uma batida, porém Marcos Gomes acertou o carro do paraibano e provocou uma bandeira amarela. Quando o safety car deixou a pista pela última vez, havia tempo apenas para mais duas voltas, e na relargada Galid Osman resistiu ao ataque de Cacá Bueno e cruzou a linha de chegada 0,420s à frente do adversário. Daniel Serra completou o pódio. Thiago Camilo, com problemas no motor, 11º e chegou em 9º.
Pelo sistema de grid invertido dos dez primeiros, Galid largou em 10º na segunda corrida e chegou em 12º. A prova foi vencida por Ricardo Maurício. Camilo, que largou em segundo, continuou com problemas no carro, apesar de a fornecedora ter mexido no motor no grid. O piloto do Chevrolet 21 perdeu posições na largada e foi rodado por Max Wilson. Ainda voltou para a pista, mas foi chamado para o box e parou. Acabava ali um fim de semana difícil para Camilo, que mesmo assim, pelas quebras de Julio Campos e Valdeno Brito, subiu de 7º para 5º no campeonato, com 106,5 pontos. Galid foi para 14º, com 82,5.
Bia Figueiredo ficou em 18º na primeira e 15º na segunda corrida. A piloto, que largou em 30º e ganhou 12 posições na primeira corrida, vê uma clara evolução na sua primeira temporada. “Em ritmo de corrida estamos indo bem, ainda temos que achar um acerto de classificação para largar mais na frente”, disse a representante da am/pm ProGP, 29ª colocada no campeonato com 14 pontos.