16/10/2011

Diário

Domingo frustrante para Thiago Camilo

Brasília (DF), 16 de outubro – A frustração de quebrar e ficar sem pontos nas duas primeiras provas da SuperFinal da Stock Car se multiplicou na corrida de Brasília, penúltima da temporada. Depois de marcar o segundo tempo na classificação, Thiago Camilo precisava vencer para continuar na briga pelo título da temporada 2011, mas, apesar de ter ultrapassado Cacá Bueno, o pole position e líder do campeonato, no pit stop, nunca teve condição de atingir seu objetivo.

“Ontem o carro estava muito bom em condições de pista seca. Hoje choveu de manhã e largamos com pneus de chuva. Meu carro nunca esteve numa condição de dirigibilidade razoável no domingo. Até para segurá-lo atrás do Cacá (Bueno) durante as primeiras voltas, atrás do carro de segurança, estava difícil. Quando veio a bandeira verde e entramos no pit consegui sair na frente, mas estava impossível manter o carro na pista e competitivo. Rodei, depois o rendimento do carro estava muito ruim e todo mundo me passava facilmente. Botei pneus slick quando a pista secou um pouco, mas o carro continuou inguiável. Tinha alguma coisa errada, porque o acerto era o mesmo do meu companheiro (Lico Kaesemodel), que estava bem na prova. É uma pena porque tivemos um carro veloz e constante durante toda a primeira fase do campeonato, fizemos pontos em todas as corridas, vencemos três, e na hora da Super Final nada deu certo. Vou seguir em frente, sem baixar a cabeça, fechar 2011 com uma boa colocação na última corrida e em 2012 estou novamente na briga pelo título”.

foto: Carsten Horst