11/12/2015

Ipiranga renova com Thiago Camilo, Galid Osman e equipe RCM para 2016

Com mais entrosamento, mais experiência e a mais vontade de brigar pelas vitórias, a Ipiranga RCM volta para a temporada 2016 com a mesma formação de 2015, com Thiago Camilo e Galid Osman como pilotos, e André Bragantini como chefe de equipe.

Para Bragantini, a renovação da Ipiranga com a equipe paranaense de Rosinei Meinha Campos e os pilotos representa uma vantagem em relação a vários concorrentes. “Muitas equipes promoveram mudanças para a temporada 2016. Mesmo que as mudanças surtam efeito, elas demoram um pouco para acontecer. Numa categoria que praticamente não tem treinos, como a Stock Car, e principalmente em um ano em que pouca coisa vai mudar no carro, quem mantém a estrutura, ainda mais no nosso caso, que é vitoriosa, sai na frente. Mas antes de tudo isso, ter o voto de confiança de uma empresa do porte da Ipiranga é um aval à qualidade do nosso trabalho, que nos dá por um lado responsabilidade, e por outro orgulho e ainda mais garra para ir atrás do título”.

“No atual momento do país, manter o investimento em uma equipe de ponta, com dois pilotos vencedores, dá a medida de quanto o projeto Stock Car é importante para a Ipiranga. Nossos pilotos carregam os valores em que acreditamos e investimos, como trabalho em equipe, confiança, eficiência, tecnologia e competitividade. Enxergamos a Stock Car como uma excelente ferramenta de comunicação para Apaixonados por Carro como a Ipiranga e seu público”, diz Jeronimo dos Santos, Diretor de Varejo da Ipiranga.

O ano de 2015 teve como ponto alto para a Ipiranga RCM a espetacular vitória de Thiago Camilo na Corrida do Milhão, em Goiânia. Duas semanas antes, em Curitiba, o piloto paulistano de 31 anos sofrera o acidente mais grave de sua carreira, que resultou em múltiplas contusões no pé e tornozelo esquerdos. O Chevrolet número 21 ficou destruído. Camilo fez fisioterapia dia e noite em São Paulo, enquanto em Pinhais, sede da RCM, os mecânicos trabalhavam na reconstrução do carro. O piloto correu com o pé imobilizado, largou em 12º e venceu a Corrida do Milhão pela terceira vez em cinco edições que disputou pela Ipiranga RCM.

“Será meu sexto ano com a RCM e oitavo com a Ipiranga. Tenho uma identificação muito grande com a marca. Qual piloto não gostaria de trabalhar com uma empresa que tem no seu DNA o slogan Apaixonados por Carro? Esse ano tivemos um carro que poderia brigar pelo campeonato, mas algumas quebras como a de Curitiba e na penúltima corrida, em Tarumã, acabaram custando muito car. Em 2016 vou correr atrás do título com disposição redobrada”, disse Camilo.

Galid Osman disputará sua quinta temporada na Stock Car, quarta na Ipiranga RCM. “Estou muito feliz com a sequência do trabalho. Meu primeiro ano foi de adaptação, cumpri o objetivo de subir ao pódio. Em 2014 veio a primeira vitória e em 2015 a primeira pole position. Tivemos muitos pontos altos, falta uma regularidade que vamos conseguir para brigar na parte de cima da tabela de pontos”.