04/05/2013

Diário

Bia larga em 16º e diz que vai pra cima

São Paulo, 4 de maio - Bia Figueiredo deu hoje o primeiro passo para cumprir a meta de chegar entre os dez primeiros na São Paulo Indy 300. A piloto do Dallara Honda número 18 da Dale Coyne vai largar em 16º, e disse que seu carro que se comportou bem em condições de corrida, com pneus bem usados, durante os treinos livres realizados hoje no circuito temporário de 4080 metros do Anhembi.

Correndo pelo quarto ano consecutivo com as cores da Ipiranga, Bia participou de uma sessão de classificação um pouco confusa e bastante frustrante, já que um acidente com James Jakes fez com que a bandeira vermelha fosse mostrada antes que os pilotos botassem os pneus de faixa vermelha, mais macios e rápidos.

“Eu tinha feito minhas voltas com os pneus pretos, mais duros, e foram elas que contaram. Aliás, foi a penúltima volta que contou, a melhor nem foi computada. É frustrante você não conseguir fazer suas voltas com o pneu de classificação, mas o problema não aconteceu apenas comigo, e como a gente tinha estabelecido como meta largar entre os 15 primeiros, o 16º lugar no grid é razoável. A corrida aqui no Anhembi permite muitas estratégias e ultrapassagens, vamos pra cima”, disse a piloto. A SP Indy 300 terá largada às 12h30 de amanhã (domingo) e transmissão ao vivo da Band e Band Sports.

Capacete comemorando 20 anos

de carreira estreia em São Paulo

Aos 8 anos, depois de muito insistir com o pai, a filha de médicos Ana Beatriz Figueiredo ganhou seu primeiro kart. De lá até a Fórmula Indy já se foram 20 anos nas pistas, que estão sendo comemorados em 2013. Para celebrar a data, Bia encomendou uma logo especial que está estreando em seu capacete na São Paulo Indy e vai acompanhar a piloto em várias atividades e promoções ao longo do ano.

“Daquela menina de 8 anos para a mulher que eu sou hoje muita coisa mudou, mas a vontade e a alegria de correr continuam iguais. Já na adolescência descobri o quanto é difícil a trajetória de um piloto até as categorias top do automobilismo. Batalhei e batalho muito para estar onde estou, me orgulho do meu caminho até aqui, e tenho certeza que ainda subirei muitos degraus na carreira”.

O GRID DA SP INDY 300

1. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet)
2. Ernesto Viso (VEN/Andretti-Chevrolet)
3. Dario Franchitti (ESC/Ganassi-Honda)
4. Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet)
5. James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet)
6. Scott Dixon (NZL/Ganassi-Honda)
7. Sebastien Bourdais (FRA/Dragon-Chevrolet)
8. Simona de Silvestro (SUI/KV-Chevrolet)
9. Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda)
10. Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet)
11. JR Hildebrand (EUA/Panther-Chevrolet)
12. Takuma Sato (JAP/Foyt-Honda)
13. Oriol Servia (ESP/Panther-DRR-Chevrolet)
14. Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet)
15. Alex Tagliani (CAN/Barracuda-Honda)
16. Bia Figueiredo (BRA/Dale Coyne-Honda)
17. Charlie Kimball (EUA/Ganassi-Honda)
18. Helio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet)
19. Graham Rahal (EUA/RLL-Honda)
20. Sebastian Saavedra (COL/Dragon-Chevrolet)
21. Tristan Vautier (FRA/Schmidt-Honda)
22. Will Power (AUS/Penske-Chevrolet)
23. Josef Newgarden (EUA/Fisher-Hartman-Honda)
24. Simon Pagenaud (FRA/Schmidt-Hamilton-Honda)
25. James Jakes (ING/RLL-Honda)

Fotos: Carsten Horst