22/04/2013

Diário

Bia chega em 14º depois de largar em 22º e vê possibilidade de top 10 em São Paulo

Domingo, 21 de abril – Em sua terceira largada pela equipe Dale Coyne, e na primeira em que coseguiu ver a bandeira quadriculada ao fim da prova, Bia Figueiredo mostrou uma rápida evolução e conseguiu, depois de largar em 22º, chegar em 14º no tradicional GP de Long Beach.

A piloto que corre com as cores da Ipiranga no Dallara Honda número 18, fez uma prova inteligente e consistente, aproveitando as oportunidades. “Fui mais conservadora no início da prova, porque era muito importante chegar ao fim. Depois fui me sentindo mais confortável no carro, fiz algumas ultrapassagens e me defendi bem das tentativas de ultrapassagem dos adversários, sobretudo no último jogo de pneus”, disse Bia, que resistiu por dez voltas ao ataque de Will Power, que tinha apenas meio segundo de desvantagem para a paulistana de 28 anos.

Mais adaptada à equipe de mecânicos e engenheiros – que está em formação – e ao carro, Bia Figueiredo teve aumentadas as expectativas para a próxima corrida, a São Paulo Indy 300, que acontece dia 5 de maio no entrono do sambódromo. “Na primeira corrida seria inimaginável chegar em 14º lugar. Eu estava há muito tempo sem correr (desde as 500 Milhas de Indianápolis de 2012, em maio), fechei em cima da hora com a equipe, eram vários fatores. Agora eu já posso botar como objetivo um top ten em São Paulo. Tenho que trabalhar bastante e o carro também tem que evoluir, dar mais um passo à frente, mas não é um sonho, é um objetivo plenamente alcançável.”

Um desses passos à frente que a equipe Dale Coyne pode dar com o carro de Bia é no acerto dos freios, que deram muitos problemas na classificação para o GP de Long Beach. A piloto brasileira gosta de um freio mais duro e de curso menor do que utilizou no circuito de rua da Califórnia, e espera que o ponto ideal seja alcançado em São Paulo.

Amanhã (segunda-feira), Bia faz uma visita à sede da Honda Performance Development (HPD), a divisão de corridas da fabricante nos EUA, sediada em Santa Clarita, que como Long Beach, fica na Grande Los Angeles. Bia chega na terça-feira a São Paulo, onde fica até a São Paulo Indy 300.